Pontos Básicos do Crochê

No crochê temos alguns pontos básicos que nos permitem fazer qualquer trabalho.

Temos também duas maneiras básicas de começar as peças.

Sabendo bem tudo isso, podemos aprender pontos mais complexos e outras técnicas, como a do Crochê Tunisiano, por exemplo.

Vamos aprender?

  • Círculo ou Anel Mágico

É usado para iniciar trabalhos circulares, como cestos, tapetes, e etc. Parece meio complicado, mas é só uma questão de treino mesmo. E é claro que existem outras maneiras diferentes de fazer o círculo mágico, mas essa foi a que eu achei mais eficiente para mim, por isso compartilho aqui com vocês:

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

1.Faça um “X” com o fio na palma da sua mão.

2. Ao virar a mão, você terá duas linhas paralelas. Passe a agulha por baixo do segundo fio (contando da esquerda para a direita);

3. Traga o primeiro fio com o gancho da agulha, passando por baixo do segundo fio;

4. Torça a agulha para que ela volte à posição “original” (de crochetar), e assim torcendo o fio também e formando uma alcinha;

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

5. Com a alcinha na agulha, iremos pegar o fio de cima para passar pela alcinha. Às vezes é chatinho pegar esse fio, mas é só ter paciência e calma que dá certo. Veja que formou-se um “X” em cima e em baixo, então pegaremos o primeiro fio de cima (da esquerda pra direita) como apontado na imagem pela seta preta;

6. Após pegarmos o fio, é hora de passar ele por dentro da alcinha, e nessa parte eu já solto os fios da mão para poder ajudar a passar o fio pela alcinha;

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

7. Recapitulando: passe o fio pela alcinha. Caso você não tenha pegado o fio certo no passo 5, seu círculo mágico irá desmanchar nesse momento. Caso isso aconteça, é só começar novamente do início e ver direitinho o fio certo que deve ser passado por dentro da alcinha. Após passar o fio na alcinha, seu círculo mágico está pronto;

8. Com o fio que sobra solto (e não o que vem do novelo) você consegue ajustar o tamanho do seu círculo, e também é com esse fio que o fechamos, algo que fazemos quando terminamos de colocar a primeira carreira de pontos no círculo mágico.


  • Correntinha

É o ponto mais simples e muito usado para fazer a base inicial dos trabalhos em crochê. O Ponto Baixíssimo segue o mesmo princípio das correntinhas, então entendendo bem a Correntinha fica bem fácil fazer o Ponto Baixíssimo que é utilizado principalmente para fazer o acabamento nas peças.

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

1. Comece fazendo um nó de correr, que é aquele nó que permitirá o ajuste do tamanho, pra poder ficar certinho na sua agulha de crochê. Vc faz uma alça com o fio e passa o fio que vem do novelo por dentro da alça, depois é só puxar;

2. Após fazer o nó, basta passar a ponta da agulha por dentro e ajustar o tamanho até que a alça fique justa, mas não muito apertada, na agulha;

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

3. Em seguida, lace o fio que vem do novelo na agulha e passe ele pela alcinha que já estava na agulha. Para isso você usa o gancho da sua agulha. Agora você já tem a sua primeira correntinha;

4. Para continuar fazendo correntinhas, basta seguir laçando o fio na agulha e passando ele pela alcinha.

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

5. Tente manter a mesma tensão nos pontos, para ter pontos mais uniformes. Isso leva um tempo e é uma questão de prática. Você também irá perceber que alguns trabalhos necessitam de pontos mais soltos e outros, de pontos mais apertados. O tipo de fio usado também influencia nesse aspecto.


  • Ponto Baixo

Um dos pontos mais usados no crochê, nos permite fazer peças inteiras apenas com ele. Mantém a trama mais fechada e possui algumas variações, como o Ponto Baixo Centrado, muito usado em cestos feitos em fio de malha. Normalmente você faz o Ponto Baixo em uma base, seja ela uma base de correntinhas ou o Círculo Mágico.

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

1.Passe a agulha dentro da sua base (correntinha ou círculo mágico), lace o fio que vem do novelo na agulha e traga o fio por dentro do ponto de base;

2. Você ficará com duas alcinhas na agulha. Agora é hora de laçar o fio que vem do novelo novamente na agulha;

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

3. Agora você traz a laçada por dentro das duas alcinhas que você tinha na agulha;

4. Pronto, você já tem o seu primeiro Ponto Baixo. Siga fazendo um Ponto Baixo em cada correntinha para ficar uma sequência de Pontos Baixos, como na foto.


  • Ponto Alto

É outro ponto muitíssimo usado no crochê. Também precisa de uma base, como as correntinhas. É um ponto que deixa a trama um pouco mais aberta que o Ponto Baixo, e também equivale ao dobro (na altura) em relação ao Ponto Baixo.

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

1.Lace o fio que vem do novelo na agulha ANTES de inserir a agulha na correntinha de base. Assim, já ficam duas laçadas na agulha;

2. Passe a agulha pela correntinha de base, lace o fio do novelo na agulha e traga de volta, ficando com três laçadas na agulha;

pontos básicos crochê ponto básico ponto alto ponto baixo

3. Lace novamente a agulha com o fio que vem do novelo, e passe essa laçada por dentro de DUAS laçadas (temos três laçadas na agulha nesse momento, você deve passar apenas por dentro de duas). Você ficará com 2 laçadas na agulha;

4. Lace novamente a agulha com o fio do novelo e passe por dentro das duas últimas laçadas restantes. Seu Ponto Alto está pronto! Siga fazendo Pontos Altos nas correntinhas de base para ficar com uma amostra como a da foto.


Espero que você tenha gostado e que esse post seja muito útil para você! Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, deixe seu comentário (clique em “Leave a comment”).

Agora que você já sabe os pontos básicos, aproveite e tente fazer a Coroa de Crochê que disponibilizei gratuitamente aqui.

Respire, Não Pire e Crochete!

Beijos,

amanda ourofino site blog
Share:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *