Novelos em Paris


Fui a Paris com a minha mãe e a minha filha no final de fevereiro de 2019, e me deparei com uma loja de novelos em Paris, totalmente por acaso.

Era nosso último dia em Paris (ficamos por 3 dias e meio) e uma amiga muito querida – a Carol – me convidou para almoçarmos antes do meu vôo para Berlim. Quando saímos do restaurante, eu tinha que passar em uma farmácia e em uma padaria, e no caminho acabamos encontrando duas lojas de novelos.

A primeira loja eu acabei não entrando, ela fica na esquina da rue Monge, no número 57. Ela se chama Une Maille à L’Endroit , que numa tradução livre, significa “uma malha no local”. Ah, e o site tem versão em inglês, para quem quiser fuçar. Tem uma vitrine linda, com muitos novelos!

Eles oferecem cursos de tricô e muitas lãs. Achei bem lindo lá dentro, olhando da vitrine, pena que não tive mais tempo para entrar e olhar com calma. No site deles dá para ter uma ideia do que eles oferecem. Tinham uns casaquinhos de bebê muito lindos na vitrine.

A segunda loja chama-se Phildar e fica na 47 rue Monge. Eu consegui entrar nessa rapidinho (não resisti). É a loja dessa marca de mesmo nome de fios francesa que existe desde 1903. No site oficial eles mostram até alguns rótulos de novelos bem antigos (clique aqui para ver).

Eles também vendem peças prontas e receitas (padrões) para fazermos peças. Também há receitas gratuitas no site deles (para ver é só clicar aqui).

Fiquei encantada com a variedade de fios e também com os fios em promoção que estavam sob uma mesa.

Muitos novelos de fios grossos, como eu gosto, e com cores lindas.


E qual você escolheu levar Amanda?

Bem, escolhi um de um tipo que eu ainda não tinha, e que eu achei genial por três motivos.

Primeiro porque eu não tinha nenhum fio do tipo Mohair, principalmente porque normalmente eles são muito finos. O que me leva ao segundo motivo por eu ter escolhido esse: ele é um Maxi Mohair, o que vai me permitir usar agulhas mais grossas, como eu gosto.

E o terceiro motivo é que esse novelo estava em promoção e valeu muito a pena comprá-lo (eu queria ter trazido logo uns 10 desse hahaha).

A composição dele é 40% acrílico, 30% poliamida e 30% mohair. Eles indicam usar agulha 8mm de tricô e de crochê.

Eu achei a trama desse fio muito diferente, deve ser porque é mohair. Em tempo: mohair é feito do cabelo da cabra Angora, por isso é diferente de outras lãs, e é considerado um fio mais nobre, como seda e cashmere. Ele é composto basicamente por queratina (!!!).

Fato curioso: o nome dessa cor é “Amande”, que parece muito com o meu nome, mas na verdade significa amêndoa. Mas nunca vi uma amêndoa verde-água… hahahaha.

Para fechar esse post, só queria deixar aqui uma foto muito legal que a Carol fez de mim, na loja:

Olha a cara de feliz (e descabelada) da pessoa! É bem assim que eu me sinto em lojas de novelos: feito criança em loja de brinquedo!

Se você gostou de ver essas lojas em Paris, eu também fui a Berlim e a Oslo, na Noruega. Dá uma olhada!

Espero que tenham curtido!

Beijos,

amanda ourofino site blog
Share:

2 Comments

  1. Sofia
    07/04/2019 / 23:58

    Adorei as fotos do passeio! Gente e essa plaquinha de novelo na fachada da 1a loja? Socorro! Esse fio Mohair parece mesmo muito especial e maravilhoso. Adorei a curiosidade sobre esse tipo de fio e o fato que o nome desse parece o seu nome <3 Serendipity! Muito linda a sua carinha de animação na loja! Ê, saudade!

    Beijinhos,

    Sofia

    • amandaourofino
      Author
      13/04/2019 / 08:43

      Fofo demais né? Queria ficar lá olhando cada um dos fios… hehehe 😀

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *