Brinco Viés | Crochê Tunisiano

Um brinco lindo em Crochê Tunisiano, já pensou? Nesse post eu ensino a fazer o Brinco Viés na técnica Crochê Tunisiano.

Se você não sabe o que é o Crochê Tunisiano, clica aqui.

Para quem fez o porta-alfinetes em Crochê Tunisiano, vai ser super fácil fazer esse brinco, pois é a mesma base.

O bacana desse projeto é que ele é super vendável, rápido de fazer e também excelente para soltar a criatividade e fazer vários modelos de brincos diferentes.

No Crochê Tunisiano nós trabalhamos fazendo uma carreira de base, e depois carreiras de “ida” e de “retorno”. Na carreira de ida nós fazemos o ponto propriamente dito e a carreira de volta é aquela que vai finalizar a base para a carreira seguinte.

Grau de dificuldade: iniciante experiente

Tempo de execução: aprox. 1h30 min.

Ah! Se você é canhota(o) não se preocupe, basta seguir o passo a passo normalmente. Apenas tome cuidado para que os pontos não fiquem do lado avesso, ok?

MATERIAIS:

  • Fio 4ply (ou seja, 4 fios torcidos) com espessura indicativa para agulha 3mm ou mais fino;
  • Agulha tamanho 3 mm (toda lisa, sem emborrachado) para os pontos do Crochê Tunisiano;
  • Agulha de tapeçaria;
  • Miçangas de bijuteria;
  • Fecho para brincos (tipo gancho ou outros);
  • Argolinhas de metal de bijuteria (opcional);
  • Alicate de bijuteria;
  • Tesoura.

ABRAVIAÇÕES:

  • Correntinha: CORR
  • Ponto Baixo: PB
  • Ponto Tunisiano Simples (ou Ponto Palito): PTS

Caso você tenha dúvida nos pontos básicos, clique aqui para aprender;

PASSO A PASSO

Passe as fotos para o lado para ver os passos.

1.Faça 6 CORR ou o número que for necessário para dar 2,2cm;

2. Vire a sua carreira de CORR e perceba que no “avesso” há um “tracinho”. É nesse “tracinho” que passaremos a agulha. Faça isso no primeiro “tracinho” visível (sem ser no ponto que está na agulha). Após passar a agulha, faça a laçada e traga. Você agora tem duas alcinhas na agulha. Continue fazendo isso até chegar na última CORR da carreira. Essa é a nossa Carreira de Base;

3. Em seguida, faça uma CORR na alcinha mais próxima da agulha (aquela que você acabou de fazer por último). Não esqueça dessa Correntinha! Depois, lace o fio na agulha e passe essa laçada por dentro de 2 alcinhas que estão na agulha. Você fará isso passando realmente por dentro das alcinhas, ok? Cuidado para não passar por mais de 2 alcinhas (ou só por uma). Ao terminar, você terá uma alcinha na agulha, finalizando a Carreira de Retorno;

4. No segundo “tracinho” (o primeiro está perto da agulha), insira a agulha e traga uma laçada. Faça isso em todos os tracinhos dessa carreira. Essa é oficialmente a nossa primeira carreira de PTS (Ponto Tunisiano Simples ou Ponto Palito). No final da carreira, antes de passar no último ponto, pegue não só o “tracinho” da frente, mas os dois que existem (veja seta na foto). Dessa maneira, teremos um acabamento mais bonito;

5. Faça uma CORR e em seguida, faça a Carreira de Retorno como fizemos antes, sempre passando a laçada em 2 alcinhas até sobrar apenas uma alcinha na agulha;

6. Siga fazendo as carreiras de PTS e as de Retorno até que você tenha 2cm de altura (ou seja, teremos um quadrado de 2×2 cm, mais ou menos). Eu fiz 4 carreiras de PTS. Pode ser que a peça enrole um pouco, é normal. Caso sua peça enrole demais, você pode blocar ao terminar e antes de montar o brinco. Se você não sabe o que é blocagem ou como blocar uma peça, me avisa nos comentários, ok?

7. Para fazer a carreira de Arremate, nós iremos fazer quase como na carreira de PTS: fazemos a laçada no primeiro “tracinho”, mas dessa vez nós passamos a laçada dentro do “tracinho” e da alcinha que está na agulha, como se estivéssemos fazendo um Ponto Baixíssimo. Assim, ficaremos com 1 alcinha na agulha sempre, até o final. Quando chegar ao final da carreira, corte o fio e puxe;

8. Faça outra peça igual, da mesma maneira, com o mesmo número de CORR iniciais que você fez lá na carreira de base e como mesmo fio, para termos o par de brincos;

9. Passe o fio que você acabou de cortar, com a agulha de tapeçaria, para junto do fio inicial (para eles ficarem juntos do mesmo lado). Se segurar pelos fios, sua peça agora parece um losango;

10. Com uma agulha de tapeçaria ou de costura de espessura que passe pelas suas miçangas, insira elas pelos fios que sobraram. Caso esses fios sejam muito grossos, você pode fazer um nó e cortá-los, e inserir um fio mais fino (da mesma cor ou transparente) para acomodar suas miçangas;

11. Para fazer o tassel, enrole umas 10 voltas (ou o tanto que você preferir, para ele ficar na espessura desejada) em volta de dois ou três dedos da mão. Passe um dos fios que está sobrando do brinco ( o que vc passou as miçangas) por dentro das alças que estão na mão, com a ajuda da agulha de tapeçaria. Dê dois nós com os fios, ajeitando para que o nós vá para “baixo” dos fios do tassel. Corte os fios do tassel para eles ficarem soltos;

12. Continuando, pegue um fio maior, e caso não tenha nenhum, pegue corte um novo fio mesmo. Passe esse fio em volta dos outros, perto lá da miçanga, para fazer a cabeça do tassel. Após dar duas ou três voltas, passe o fio com a ajuda da agulha de tapeçaria para dentro da alça feita, para ele encontrar os outros fios do tassel. Corte os fios para eles ficarem do mesmo tamanho, e ajuste para o tamanho desejado, que deixe o tassel proporcional ao resto do brinco;

13. Na outra ponta do losango, insira o seu fecho de brinco. Caso você tenha um do tipo gancho, olhe bem para não colocá-lo do lado errado.

E está pronto o seu brinco Viés em Crochê Tunisiano!

Você pode usar outros fios para esse projeto, e também fazer os brincos em outros tamanhos. Apenas fique atenta(o) para o tamanho da agulha que irá utilizar.

Você também pode usar qualquer miçanga, pedraria, e até fazer com mais de um quadradinho de Tunisiano nos seus brincos. Seja criativa(o)!!!

Ah, e não deixe de participar do Desafio Crochet Land de tassels. Poste lá no grupo do Facebook o seu brinco ou qualquer peça com tassels e use a hashtag #desafiocrochetland se postar no Instagram.

Não deixe de compartilhar seus brincos nas redes sociais, me marcando e usando as hastags #fizcomamandaourofino e #heyourofino. 

Espero que tenha gostado! Fiz com muito carinho 😉

Beijos,

OBSERVAÇÃO:

Você pode vender seus brincos produzidos a partir dessa receita. Recomendo o valor mínimo de venda de R$ 30,00 cada par. Aumente o preço de acordo com o tamanho da peça.

Você pode, ainda, ajustar o valor de acordo com o material usado, tipo de pedras, miçangas e fechos. Ajuste o valor anualmente de acordo com o índice da inflação.

O preço foi calculado com base no tempo de produção, custo do fio e preço de mercado. Dessa forma, respeitamos o mercado e mantemos uma corrente de valorização do trabalho manual. Grandes empresas não estão autorizadas a vender esse produto finalizado, apenas micro/pequenos empreendedores e artesãos, que vendem produtos manuais.

Para saber o tempo que você leva nos seus projetos, precificar e fazer anotações, utilize o aplicativo Crochet Land, disponível para Android e para Iphone.

Não esqueça de compartilhar esse post, assim você ajuda as pessoas a aumentarem o seu repertório e ainda apoia o meu trabalho!


Share:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *